Viajar.

Inspirar.

Partilhar.

girl-from-nowhere-blog-viagens-brush3

Um dia a vontade de conhecer o mundo foi maior do que o medo que tinha dele. 

Sobre mim

No dia 3 de outubro de 2018 entrei num avião com destino a Banguecoque, apenas com um bilhete de ida. Certa de que era a decisão mais incerta que já havia tomado e com o medo e receio de quem é sobejamente humano, dei o primeiro passo daquela que viria a ser a aventura da minha vida.

Durante os oito meses e meio que se seguiram embarquei sozinha numa odisseia asiática que me levou a cruzar 9 países. Às costas carregava o peso da liberdade. Em 254 dias vivi uma vida inteira – ri, chorei, perdi-me e voltei a encontrar-me. Conheci pessoas incríveis e ouvi histórias extraordinárias, desafiei-me, vivi experiências inesquecíveis e cresci.

Durante oito meses e meio fui eu, em paz, com o mundo.

Girl-from-nowhere-patricia-carvalho-sobre-mim

Países que já visitei

Girl-from-nowhere-secção-website-paises2

23

Onde estou agora

Girl-from-nowhere-secção-website-agora2

Portugal

Km percorridos

Girl-from-nowhere-secção-website-km2

ÚLTIMOS POSTS

Lição 2 – Qual é o limite da tolerância?

  (Esta viagem é muito mais do que uma viagem. É uma experiência de vida. Uma espécie de viagem interior. Alguém disse um dia que “queremos dar a volta ao mundo mas o mundo é que nos dá a volta a nós”. E é muito ...

Lição 1 – A arte de se saber ser vulnerável

(Esta viagem é muito mais do que uma viagem. É uma experiência de vida. Uma espécie de viagem interior. Alguém disse um dia que “queremos dar a volta ao mundo mas o mundo é que nos dá a volta a nós”. E é muito isto. ...

“Um dia faço um retiro espiritual” – Relato completo da minha passagem pelo Projeto Mindfulness

“Um dia faço um retiro espiritual”, disse eu, tantas vezes. Já há 2 ou 3 anos que praticava meditação, lia livros de mindfulness e desenvolvia um súbito interesse neste campo. Um retiro silencioso parecia ser o auge desta minha veia espiritual. Nos últimos anos fui ...

O medo de viajar sozinha

Já aqui escrevi um post sobre por que é que gosto tanto de viajar na minha companhia. Porém, acho que aquilo que desperta mais curiosidade nesta viagem é o facto de a fazer sozinha e por isso decidi escrever um post dando o meu ponto ...

Ser professora num país comunista

Nos últimos dez dias tenho estado a fazer voluntariado numa comunidade perto de Vang Vieng, no Laos, onde tenho dado aulas de inglês a crianças e jovens, na aldeia de Nosum. Hoje escrevo um pouco sobre aquilo que mais me têm custado dando aulas num ...

Dinheiro em viagem – Parte II

Na segunda parte deste post vou abordar a questão da utilização de cartões bancários em viagem. A principal vantagem está, como é óbvio, na segurança que nos conferem, em comparação a andar com o dinheiro todo no bolso. A desvantagem está nas taxas e comissões ...