Termas de Água Quente da Galiza, um plano ideal para o Inverno

As termas de água quente de bande e lobios
Termas de Água Quente de Lobios e Bande

Nesta altura do ano, com os dias mais curtos, as temperaturas mais baixas e o frio a bater à porta, pode ser difícil encontrar um plano para fazer no fim de semana. Para aqueles que vivem na zona norte, há um recanto espetacular que merece uma visita especial durante o Inverno – são as termas de água quente da Galiza, no norte de Espanha. A sensação de estar dentro da água fumegante, cujas temperaturas variam entre os 35 e os 45°C, enquanto o frio rompe no exterior, é absolutamente indescritível. Além disso as piscinas de água quente são gratuitas e estão acessíveis durante todo o ano, pelo que são uma excelente opção para um dia frio de Inverno. Neste artigo vou apresentar-te duas estâncias termais da Galiza – as Termas de Lobios e as Termas de Bande. Vamos lá?

Termas de Água Quente de Lobios

Termas de Água Quente
Termas de Água Quente de Lobios
Rio Caldo
Rio Caldo, junto às Termas de Lobios

Também conhecidas como “Os Baños de Rio Caldo”, as Termas de Lobios ficam na pequena aldeia de “Los Baños”, província de Ourense, a apenas 9 km da fronteira com Portugal.

Aqui vais encontrar uma piscina termal, com acesso gratuito, mesmo junto ao rio Caldo. A água sulfurosa sai da boca a uma temperatura de 70°C, mas, após misturar-se com a água fria do rio, desce para uns agradáveis 45°C. Como a água é mesmo muito quente, não convêm ficar muito tempo lá dentro. O ideal é alternar entre uns minutos dentro e uns minutos fora para regular a temperatura corporal.

Termas de Lobios, em Os Baños
Termas de Lobios, em Os Baños
Termas de Lobios
Termas de Lobios

Na zona envolvente, que foi recentemente remodelada, tens uma espécie de praia fluvial, onde podes estender a toalha e relaxar na relva. Durante o Verão é uma zona muito procurada, mas pelo rio Caldo em si, onde também é possível ir a banhos.

Praia fluvial, nas margens do Rio Caldo, junto às Termas de Lobios
Praia fluvial, nas margens do Rio Caldo, junto às Termas de Lobios

Junto à zona termal tens um pequeno snack-bar e, mais à frente, seguindo pela estrada nacional, tens o Restaurante Rio Caldo. Mesmo ao lado tens o Lobios Caldaria Hotel Balneario, com opções de spa sofisticadas. Um pouco antes, no povoado de Torneiros tens algumas ruínas do Aquis Querquennis, um antigo acampamento romano.

Como chegar às Termas de Lobios:

Termas de Água Quente de Lobios
Termas de Água Quente de Lobios

Para chegar às Termas de Água Quente de Lobios, basta atravessar o Parque Nacional da Peneda-Gerês pela estrada que leva à Portela do Homem, a N-308-1. Depois de atravessar a fronteira, basta continuar em frente, pela OR-312. Vais passar pelo povoado de Torneiros e logo a seguir terás a aldeia de “Los Baños”. Lá, encontrarás indicações para virar à direita, de modo a chegar à estância termal. Desde a fronteira, a viagem demora cerca de 15 minutos.

Deixo-te aqui as coordenadas no mapa.

Termas de Água Quente de Bande

Termas de Bande Galiza
Termas de Bande
fontes termais da galiza
Termas de Bande

As Termas Romanas de Água Quente de Bande ficam um pouco depois das Termas de Lobios, a cerca de 30 km depois da fronteira e junto à aldeia Ourense de Porto Quintela.

A vantagem desta estância termal, em relação à de Lobios, está na variedade – aqui tens várias piscinas de água quente, com água a diferentes temperaturas. Assim, podes ir alternando entre umas e outras, conforme a temperatura esteja mais confortável para ti. A desvantagem está na distância, uma vez que ficam um pouco mais longe.

Termas de Água Quente da Galiza
Termas de Água Quente da Galiza

O acesso é gratuito e dispõem de um parque de estacionamento. Perto das termas está o rio Limia, congénere espanhol do nosso rio Lima.

Estas termas remontam à época romana e representam um dos campos romanos mais bem conservados da Península Ibérica. Perto da fonte termal tens um Centro de Interpretação de Aquis Querquennis, onde poderás ficar a conhecer um pouco melhor o seu papel durante a época romana.

O local ficou famoso com a série da Netflix “El desorden que dejas”. Porém, a afluência não está massificada e de certeza que vais encontrar um espaço para ti.

Como chegar às Termas de Bande:

termas de agua quente de bande 4
Estas termas remontam à época romana
Termas de Bande
Termas de Bande

Para aqui chegar terás igualmente de atravessar o Parque Nacional Peneda-Gerês, até à fronteira da Portela do Homem. A partir daqui, segue pela estrada nacional OR-312 até chegares a Lobios. Pouco depois vais encontrar um cruzamento onde deves virar à esquerda, em direção à estrada nacional OU-540. Continua por mais 15 km, até encontrares um corte à direita, com indicações para as Termas Romanas de Bande.

Deixo-te aqui as coordenadas no mapa.

O que levar para as Termas de Água Quente

Levar um robe para as Termas de Água Quente
Uma das coisas que não te vais arrepender de levar – um robe
A água quente é super relaxante
A água quente é super relaxante

Nenhuma destas estâncias termais tem casas de banho. São espaços naturais, abertos ao público e, por isso, não têm nenhum tipo de infraestruturas de apoio. Isto pode dificultar um bocadinho a logística da troca de roupa e, por isso, achei importante incluir aqui esta secção.

A coisa mais importante que podes levar para as termas (e que eu só me lembrei de levar depois da 3º ou 4º vez que lá fui) é um robe de banho. É a melhor coisa deste mundo, acreditem! É muito mais prático e confortável vestir um robe do que andar enrolado em toalhas, em especial devido ao frio que vais sentir quando saíres. Quase toda a gente leva, por isso não estranhes ver as pessoas a sair do carro no seu melhor robe.

As trocas de roupa têm de ser feitas dentro do carro, por isso opta por levar a roupa de banho já vestida. Não te esqueças também dos chinelos de banho e de uma troca de roupa suplente, prática e confortável, para vestir no final.

Algumas curiosidades sobre as Termas de Água Quente da Galiza:

Termas de Água Quente de Bande
Termas de Água Quente de Bande
Fonte Termal de Lobios
Fonte Termal de Lobios

Bem, já sabem que eu sou uma pessoa de curiosidades, que adora saber um pouco mais e aprender um pouco de tudo. Na pesquisa de informação para este artigo encontrei algumas curiosidades muito interessantes sobre estas termas de água quente e, por isso, decidi partilhar aqui também. Aqui vão elas:

– Estas termas remontam ao tempo dos romanos, que já tinham uma tradição termal muito forte. Eram usadas para fins recreativos, mas também para fins terapêuticos, devido às propriedades medicinais das suas águas;

– As Termas de Água Quente de Bande faziam parte dos campos romanos conhecidos como Aquis Querquennis e serviam para albergar os soldados que construíram a Via Romana, o percurso também conhecido como Geira Romana, que ligava as cidades de Braga a Astorga.

– As duas primeiras piscinas de Bande só foram descobertas em 1985, por entre escombros de lama. Os arqueólogos acharam estranho as bolhas de ar que emergiam do fundo da água e decidiram investigar o que havia por ali;

– Durante os tempos do termalismo, desde meados do século XIX até ao início do século XX, as estâncias termais da Galiza eram muito procuradas e frequentadas pela classe burguesa da sociedade;

– Mais recentemente, as termas voltaram a conquistar um lugar de destaque na sociedade. São cada vez mais as pessoas que procuram os banhos termais para simplesmente relaxar, procurar algum sossego e aproveitar o tempo. E ainda bem, pois o aumento da procura fez com que muitas estâncias termais fossem recuperadas e estejam hoje em melhores condições.

Outros artigos que te possam interessar:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top