Egito – a informação prática para organizar uma viagem ao Egito

O Egito é um país localizado no nordeste de África que tem atraído cada vez mais visitantes nos últimos anos. Nos últimos anos a situação geopolítica do Egito desencorajou as visitas ao país e o turismo decresceu a pique. Porém, o Egito está agora a reabrir-se novamente ao turismo, e apresenta-se como um país seguro e cheio de vida! Neste artigo vais encontrar informação prática para organizar uma viagem ao Egito.

O Egito é um ótimo destino para viajar em 2022

Estive a viajar por este país durante duas semanas, em dezembro de 2021 e recomendo-te que o incluas nos teus planos de viagem para o próximo ano!

Acima de tudo, o Egito é um país de contrastes – por um lado apresenta-se com monumentos impressionantes, de um valor patrimonial inigualável, mas, por outro, o Egito é também um país de gentes, com uma cultura e identidade muito próprias, que vale a pena experienciar.

Neste artigo vais poder encontrar:

  • Informação prática sobre o Egito;
  • Visto – Como obter o visto para entrar no Egito;
  • Clima – qual a melhor altura para visitar o Egito;
  • Dinheiro – como funciona o dinheiro no Egito;
  • Segurança – é seguro viajar no Egito;
  • Saúde – cuidados de saúde a ter no Egito;
  • Indumentária – o que vestir no Egito;
  • Comunicações – como ter internet no Egito;
  • Eletricidade – como funcionam as tomadas no Egito;
  • Contactos – contactos de emergência no Egito;

Informação prática sobre o Egito

Informação prática para organizares uma viagem ao Egito
  • Nome oficial – República Árabe do Egito
  • Capital – Cairo*
  • Língua oficial – Árabe
  • Religião oficial – Islão
  • Moeda – Libra egípcia (EGP)
  • Fuso horário – EET (UTC+2) / Verão EEST (UTC+3)
  • População – 103 milhões de habitantes
  • Área – 1 001 450 km2
  • Fronteiras terrestres – Líbia, Sudão, Israel e Palestina (Faixa de Gaza)
  • Fronteiras marítimas – Mar mediterrâneo e mar vermelho

*O país está a construir uma nova capital administrativa, cujo nome será Novo Cairo (podes ler a história sobre a nova capital aqui).

Visto – Como obter o visto para entrar no Egito

O processo para obter o visto para o Egito é, geralmente, fácil e rápido

Para entrar no Egito é necessário apresentar um passaporte com uma validade mínima de 6 meses. Cidadãos portugueses necessitam de visto para entrar no Egito.

Existem três formas possíveis para obter o visto:

1. À chegada (Visa On Arrival) – O visto pode ser obtido diretamente no aeroporto, à entrada do país, e tem um custo de 25 USD. Se levares euros, não vais ter troco (eles consideram que 25 euros correspondem a 25 dólares).

2. Visto eletrónico – Desde janeiro de 2018 que é possível obter o visto a partir desta plataforma eletrónica. O pedido deve ser efetuado com uma antecedência mínima de 7 dias. Tem cuidado pois existem muitos sites falsos. O site correto é este.

3. Em qualquer embaixada do Egito.

Clima – qual a melhor altura para visitar o Egito:

O inverno europeu é a melhor altura para visitar o Egito

O Egito tem um clima desértico com duas estações proeminentes – o verão, que acontece entre os meses de maio a outubro, e o inverno, de novembro a abril.

Dado o seu clima quente e seco, as temperaturas no verão facilmente extrapolam os 40°C e podem até chegar aos 50°C. Por este motivo, o verão europeu não é a altura mais indicada para visitar o Egito, já́ que a maior parte do país para durante as horas mais quentes do dia.

A altura mais recomendada para visitar o Egito é entre os meses de novembro a marco, quando o tempo está mais ameno e as temperaturas máximas rondam os 30°C. À noite a temperatura baixa para os 18/ 20°C mas o ambiente é sempre agradável.

Nota importante:

O mês de abril não é uma altura recomendada devido ao período do Ramadão, altura em que os muçulmanos praticam o jejum durante o dia. Apesar desta prática não ser obrigatória para turistas que visitam o país, a maior parte dos restaurantes, cafés e até alguns serviços estão fechados durante o dia, o que pode condicionar a viagem. O Ramadão dura 30 dias e não tem uma data fixa. Normalmente coincide com os meses de abril e maio.

Dinheiro – como funciona o dinheiro no Egito

A libra egípcia é a moeda oficial do Egito

A moeda oficial do Egito é a libra egípcia (EGP), cujo símbolo é £. Existem notas de 1, 5, 10, 20, 50, 100 e 200. As moedas designam-se piastras e uma libra corresponde a 100 piastras (o equivalente aos cêntimos no euro). Existem moedas de 5, 10, 20, 25 e 50 piastras.

A taxa de câmbio entre o euro e a libra egípcia situava-se à volta de 17 em dezembro de 2021. Tal significa que com 1 euro podemos comprar 17.7 libras egípcias. Porém, as taxas de câmbio são variáveis e convém consultar a taxa atual, no momento da viagem.

A app XE é uma excelente ferramenta para consultar a taxa de âmbio atual.

Segurança – é seguro viajar no Egito

Mapa de segurança do Egito. Vermelho – zona de risco elevado (Norte da Península do Sinai); Amarelo – zona de risco intermédio (Sul da Península do Sinai e Deserto Ocidental); Verde – zona de risco baixo (vale e delta do Nilo, Deserto oriental e costa do Mar Vermelho). Fonte: Gov Uk

Na última década, o turismo no Egito desceu consideravelmente, registando uma queda de 65% desde 2010. A revolução que ocorreu em 2011, o golpe de estado que se sucedeu em 2013 e os múltiplos ataques terroristas que ocorreram desde então, levaram ao clima de insegurança que, por sua vez, culminou em quebras gigantes no turismo.

Contudo, o turismo representa uma grande fatia da economia do país e é do interesse de todos os egípcios que este volte a ser o destino de eleição que foi outrora. Nota-se que o país está a fazer um esforço para restituir a confiança por parte dos estrangeiros. Por este motivo, no Egito os turistas são tratados de maneira diferente dos locais, quer pela polícia, quer pela própria população.

Atualmente, o Egito é um país relativamente seguro para viajar. É possível viajar de forma independente sem ter de recorrer a grupos de viagem organizados.

Em algumas zonas mais turísticas, como na zona do Monte Sinai ou em Abu Simbel, as viagens de autocarro são realizadas sob escolta policial e existem múltiplos checkpoints ao longo de todo o caminho. Estas medidas podem sugerir alguma insegurança mas, na verdade, é precisamente o contrário. Os militares estão lá para proteger os turistas e para garantir que tudo acontece da forma prevista. No fundo, é uma medida de segurança.

Saúde – cuidados de saúde a ter no Egito

É necessário ter alguns cuidados de saúde durante uma viagem ao Egito

É aconselhável fazer uma consulta do viajante antes de fazer uma viagem ao Egito para verificar se as vacinas estão em dia. Estas consultas são gratuitas dentro do Sistema Nacional de Saúde. Deves marcar com alguma antecedência porque a agenda costuma estar cheia.

Apesar de não ser obrigatório, é imprescindível fazer um seguro de saúde antes de viajar para o Egito. O ideal é fazer um seguro que cobre despesas médicas e de repatriação. O mais utilizado em Portugal é a IATI, mas existem outros também dedicados às viagens, como é o caso da Intermundial.

Alguns cuidados de saúde a ter:

  • Não beber água da torneira. Optar sempre por água engarrafada;
  • Não beber bebidas com gelo;
  • Não comer alimentos crus ou mal cozinhados;
  • Utilizar repelente para insetos, em especial ao fim do dia.

Indumentária – o que vestir no Egito

Enquanto país árabe, há algumas regras a ter em atenção na forma de vestir

O Egito é um país islâmico bastante conservador pelo que a indumentária utilizada deve ir de encontro ao seu código de conduta.

Para as mulheres: Devem andar com as pernas e ombros cobertos. Recomenda-se usar roupa larga que não evidencie formas femininas. Não é necessário cobrir a cabeça para andar na rua, exceto para entrar em mesquitas e outros locais de culto.

Para os homens: Devem cobrir os joelhos, especialmente se pretenderem visitar mesquitas. Ombros devem também estar cobertos.

Comunicações – como ter internet no Egito

A melhor forma para garantir o acesso à internet no Egito é a partir de um cartão SIM. As empresas de telecomunicações mais conhecidas são a Orange e a Vodafone, sendo esta última aquela que tem uma maior cobertura. Ambas possuem packs de cartões pré-pagos para turistas. Os cartões podem ser adquiridos no aeroporto ou em qualquer loja oficial, na presença do passaporte. Deixo-te alguns dos pacotes que vais encontrar:

Vodafone:

255 EGP = 10 GB data + 200 min

505 EGP = 30 GB data + 200 min

Orange:

150 EGP = 16 GB data + 1000 min

140 EGP = 10GB

Eletricidade – como funcionam as tomadas no Egito

No Egito, as tomadas são do tipo europeu, com dois orifícios redondos, e a voltagem é de 220V.

Contactos – contactos de emergência no Egito

  • Polícia: 122
  • Ambulância: 123
  • Bombeiros: 180
  • Polícia turística: 126
  • Telefone de de emergência da Embaixada de Portugal no Cairo: (+20) 103 223 1181

(+20) é o prefixo telefónico do Egito

✋ Não te esqueças de fazer um Seguro de Viagem

Seguro de Viagem IATI

Se vais viajar para o Egito, é imprescindível fazer um seguro de viagem. Os acidentes podem acontecer a qualquer um, mas não precisam de estragar a tua viagem. Com um seguro adequado para o teu tipo de viagem, estás protegido para uma série de contratempos como roubos, perda de malas, atraso de voos, problemas de saúde, cancelamento devido à COVID-19, entre muitos outros. Podes consultar aqui as vantagens do seguro de saúde IATI.

Se utilizares este link, tens 5% de desconto no teu Seguro de Viagem. Esta é uma boa forma de apoiares o meu projeto, uma vez que eu recebo uma pequena comissão ❤️

Estás a planear uma viagem ao Egito? 🇪🇬

Este Guia de Viagem, no formato de e-book, inclui toda a informação necessária para organizares uma viagem ao Egito de forma independente. Aqui vais poder encontrar a informação necessária para planeares a tua viagem (qual a melhor forma de chegar ao país, que meios de transporte utilizar, em que tipos de alojamento ficar). Inclui ainda roteiros específicos para visitares os melhores destinos do Egito (Cairo, Luxor, Aswan, Hurghada, Deserto Branco, Alexandria e Monte Sinai) e três sugestões de itinerário para vários dias (10, 14 e 21 dias). Além disso, está adaptado para viajar durante a pandemia. Inclui recomendações práticas e sugestões de laboratórios certificados onde podes fazer o teste à COVID-19.

Podes adquirir este Guia de Viagem aqui.

Guia de Viagem para o Egito no formato de e-book

Outros artigos que te possam interessar sobre o Egito:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top