Como comprar o bilhete para visitar Machu Picchu

Um artigo completo com toda a informação sobre o Complexo Inca mais famoso do mundo
Um artigo completo com toda a informação sobre o Complexo Inca mais famoso do mundo

Visitar Machu Picchu é uma experiência única. Não se trata apenas de uma das 7 Maravilhas do Mundo. Afinal, a Cidade Perdida dos Incas é um dos lugares mais fascinantes no planeta Terra – as ruínas, perdidas no topo da montanha de Machu Picchu e envoltas num nevoeiro místico, levam-nos a uma autêntica viagem no tempo. Desde 1983 que Machu Picchu é considerado Património Mundial pela UNESCO. Mas, enveredar uma aventura à Cidade dos Incas tem muito que se lhe diga – é preciso comprar o bilhete de acesso com muuuuuita antecedência, escolher bem o tipo de bilhete que pretendes e o tipo de circuito que queres fazer. Para te dar uma ajuda, aqui tens um artigo completo com tudo o que precisas de saber para visitar Machu Picchu.

✈️ Como chegar a Machu Picchu?

Linha de comboio que liga Cusco a Aguas Calientes visitar Machu Picchu
Linha de comboio que liga Cusco a Aguas Calientes
A pequena povoação de Aguas Calientes visitar Machu Picchu
A pequena povoação de Aguas Calientes

A viagem até Machu Picchu já é por si uma verdadeira aventura. Desde Cusco, é necessário chegar primeiro à pequena aldeia de Aguas Calientes. É daqui que partem, diariamente, autocarros até ao complexo inca. Deixo-te aqui dois artigos completos sobre como chegar a Machu Picchu:

📍 Onde comprar o bilhete para o Machu Picchu?

Como chegar a Machu Picchu, a Cidade Perdida dos Incas
É necessário comprar o bilhete com alguma antecedência
Caminho Inca ou Inca Trail visitar Machu Picchu
O bilhete deve ser comprado através do site oficial

Para adquirir o bilhete para Machu Picchu, tens de ter bastante cuidado. Existem muitos sites fraudulentos é preciso ter atenção para não cair em burlas. Para tal, deverás usar apenas e exclusivamente o site oficial de Machu Pichu, deixo-te aqui o link.

Outra opção é comprar o bilhete diretamente na cidade de Cusco, no edifício do Ministério da Cultura (Calle Garcilaso, s/n. na esquina com a Plaza Regocijo, bem perto da Plaza de Armas).

Contudo, não te recomendo recorrer a esta opção. Desde que existe uma lotação diária que os bilhetes esgotam rapidamente e poderás não conseguir bilhete para o dia que pretendes.

🎫 Que tipo de bilhete escolher para visitar Machu Picchu?

Há 4 tipos de bilhetes para visitar o Complexo Inca
Apenas o bilhete “Llaqta de Machu Picchu” te dá acesso ao miradouro principal
Caminho Inca ou Inca Trail
Há 4 tipos de bilhetes para visitar o Complexo Inca

Existem quatro tipos de bilhetes para visitar Machu Picchu e no momento da compra tens de escolher o bilhete que pretendes. O Complexo Inca está dividido em várias partes e cada bilhete te dá acesso a partes diferentes, nomeadamente o acesso às montanhas que rodeiam as ruínas – Waynapicchu, Huchuypicchu e Machupicchu.

A primeira coisa que tens de saber é que todos eles te dão acesso às ruínas da Cidade dos Incas, mas nem todos te permitem chegar àquele spot mágico, de onde vês as típicas fotos de Machu Picchu. Apenas o bilhete “Llaqta de Machu Picchu” te permite visitar a zona alta da Cidade.

Os restantes tipos de bilhetes incluem o acesso a uma das montanhas e o acesso às ruínas, mas não ao spot das fotografias, que fica um pouco acima da cidade. Há horários fixos para visitar cada uma das montanhas, normalmente um de manhã e outro de tarde.

Nesta tabela em baixo podes ver um resumo dos vários bilhetes, preços, bem como os respetivos acessos:

Tipo de BilheteHorárioLotaçãoPreçoAcesso à cidade IncaAcesso a montanha
Llaqta de Machu PicchuTodas as horas, das 6h às 14h002500152 S./Sim, circuito 1, 2, 3 e 4Não
Waynapicchu7h, 8h, 9h e 10h da manhã200200 S./Sim, mas apenas o circuito 4Sim, Wayanapicchu
HuchuypicchuTodas as horas entre as 7h e as 14h200200 S./Sim, mas apenas o circuito 4Sim, Huchuypicchu
Machupicchu7h e 8h da manhã400200 S./Sim, mas apenas o circuito 3Sim, Machupicchu
Tipos de bilhetes para visitar Machu Picchu

🗺️ Que circuito escolher?

Há 4 circuitos disponíveis para explorar o complexo
Os circuitos 1 e 2 são os únicos que permitem aceder ao miradouro
Paisagens que encontramos pelo caminho, entre Cusco e Aguas Calientes
Há 4 circuitos disponíveis para explorar o complexo

Outra coisa que tens de ter em atenção é o circuito que escolhes. Existem 4 circuitos diferentes, que atravessam zonas distintas do complexo. Ou seja, não podes andar livremente nas ruínas e explorar o que te apetecer. Além disso, depois de escolher um circuito, não podes voltar para trás, por isso tens de ter em atenção na hora de escolher o circuito.

Os circuitos 1 e 2 são os únicos que permitem visitar a zona alta da Cidade Inca, que é precisamente o lugar onde podes admirar as ruínas e tirar a típica foto. E estes circuitos só estão incluídos no bilhete “Llaqta de Machu Picchu”.

Os circuitos 3 e 4 permitem entrar na cidade, mas não chegar a este ponto superior. Em contrapartida, permitem-te subir até uma das montanhas circundantes. Isto significa que, se quiseres incluir alguma montanha no teu roteiro, obrigatoriamente terás de fazer o circuito 3 ou 4, e não poderás subir até ao miradouro.

Nestes casos, o que a maioria dos turistas faz é comprar dois bilhetes – um para a montanha que pretendes com acesso ao circuito 3 /4 e outro para a Llaqta de Machu Picchu, que dá acesso aos circuitos 1, 2, 3 e 4. Para tal convêm ter dois dias completos, para que possas usufruir de todos os acessos com tempo.

Tipo de circuitoNomeTempo médio para completar o circuitoMapa
Circuito 1Alto Corto2h00Mapa
Circuito 2Alto Largo3h00Mapa
Circuito 3Bajo Corto1h30Mapa
Circuito 4Bajo Largo2h30Mapa
Tipos de circuito que podes escolher para visitar o complexo de Machu Picchu

🧑‍🤝‍🧑 Existe lotação diária para visitar Machu Picchu?

O complexo de Machu Picchu tem uma lotação diária de 2500 pessoas
O complexo de Machu Picchu tem uma lotação diária de 2500 pessoas

Sim, existe. O número de visitantes no complexo de Machu Picchu foi fixado em 2500 por dia, apesar de a UNESCO não recomendar mais de 1000. Seja como for, e devido a esta limitação, é necessário comprar o bilhete com alguma antecedência.

Além desta medida, recentemente instaurou-se também a limitação de horários. Na altura em que compras o bilhete, tens de escolher a hora a que queres entrar. Tens um limite de 60 minutos, desde a hora marcada, para entrar no recinto. Oficialmente, tens 4 horas para visitar todo o complexo, mas não há nenhum controle sobre isso.

🕜 Qual o melhor horário para visitar Machu Picchu?

O nascer do sol é mágico em Machu Picchu
O nascer do sol é mágico em Machu Picchu

Na minha opinião, a melhor hora para visitar o complexo é de madrugada, às 6h da manhã. É a altura do dia com menos confusão, o que te permite desfrutar mais do espaço. Além disso, admirar os primeiros raios de sol a bater nas ruínas é um momento verdadeiramente mágico.

O lugar base para tirar a típica fotografia das ruínas está praticamente vazio até às 8h da manhã. Recomendo-te a esperar lá pelo nascer do sol, podes levar o pequeno-almoço e comer lá. Nós esperamos até às 7h30, mas acho que valeu a pena, porque ficamos num lugar espetacular.

Outra recomendação importante – visita o complexo com caaaaaaalma. Uma vez que há circuitos e que não podes voltar para trás, se te despachares vais visitar tudo em menos de 2 horas. E é uma pena porque o complexo é enorme e visitá-lo é uma oportunidade única. Por isso visita tudo com calma, faz longas paragens e aproveita ao máximo.

👉 Notas importantes:

  • A maioria dos tours chega entre as 10h e o 12h, por isso estas são as piores horas para visitar;
  • Quem tem pouco tempo, opta por fazer a viagem de comboio entre Cusco e Aguas Calientes de manhã, e a visita a Machu Picchu durante a parte da tarde. Por isso esta também é uma altura de maior confusão.

🚩 É preciso guia?

Obrigatoriamente, não é necessário guia
Obrigatoriamente, não é necessário guia para visitar Machu Picchu

Não é necessário guia para visitar o complexo. Se te disserem que é obrigatório, estão a mentir. É apenas um esquema para fazer algum dinheiro.

De qualquer forma, o site oficial recomenda fazer a visita com guia. Em Aguas Calientes, e mesmo na entrada do complexo, há vários guias a oferecer os seus serviços, pelo que podes negociar o preço e contratar um. Se tiveres guia, não o deixes apressar-se. Tira as fotos que quiseres e usufrui da experiência ao máximo. A maioria dos guias quer é despachar, para conseguir fazer outra visita nesse mesmo dia. Não o permitas. Afinal, estás a pagar por um serviço.

✋ Não te esqueças de fazer um seguro de viagem

Seguro de Viagem IATI 2
Seguro de viagem IATI

Se vais viajar para o Peru, é imprescindível fazer um seguro de viagem. Os acidentes podem acontecer a qualquer um, mas não precisam de estragar a tua viagem. Com um seguro adequado para o teu tipo de viagem, estás protegido para uma série de contratempos como roubos, perda de malas, atraso de voos, problemas de saúde, cancelamento devido à COVID-19, entre muitos outros. Podes consultar aqui as vantagens do seguro de saúde IATI.

Se utilizares este link, tens 5% de desconto no teu Seguro de Viagem. Esta é uma boa forma de apoiares o meu projeto, uma vez que eu recebo uma pequena comissão ❤️

Estás a planear uma viagem para o Peru? 🇵🇪

Guia de Viagem Peru
Guia de Viagem Peru

Neste Guia de Viagem vais encontrar toda a informação que precisas para organizar uma viagem de forma totalmente independente. Aqui tens informação prática sobre o país (segurança, visto, dinheiro, cuidados de saúde, etc) bem como tudo o que precisas de saber para planear a tua viagem (qual a melhor forma de chegar ao país, que meios de transporte utilizar, em que tipos de alojamento ficar). Inclui ainda roteiros específicos para visitares os principais destinos do Peru, bem como tuuudo o que precisas de saber para visitar os principais destinos do Peru.

👉 Outros artigos que te possam interessar:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top